Páginas

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

The city where only I am missing

Caro leitor,
Não sei muito bem sobre o que esrcever, mas sinto vontade de publicar algo. Não é que eu não tenha nada novo para contar, pelo contrário, muitas coisas aconteceram desde a última vez que escrevi aqui. A questão é que tenho pensado em muitas coisas. Muitas memórias, sonhos e objetivos, ansiedade, decepções, conquistas.. surgindo ao mesmo tempo e se mesclando.  


Daily post

During the last few weeks, a lot of important things happened. I could write about them, pointing out and describing how they can change things in my life. Indeed, it would be an easy way to keep the regularity of Rex Aurum's posts, but I do not want to do it. 

Right now, I am listening to some anime songs that made me remember the old days when I was just a teenager. At that time, I believe so much in the idea of a good world in which people could achieve their best just by exercising their kindness. Poor young Vitor that did not now how complex people are.

I miss the life routine and expectations of that time. You see, I believed that everything was possible, no matter how grandiose it was, as long as you fought for it and did your best. So naive. Now, I see so many fascinating people struggling despite their effort.  

I miss my friends. Some I miss as I miss my mug when going to have lunch: It is a shame that I do not have it with me, but anyway I will have lunch, probably with a muzzy plastic cup. By the other hand, I miss some friends so deeply that I can feel my chest tearing every time I think of them.

I should not be so nostalgic, especially because  I have a lot of important things happening in my life right now so that I will have bunch of new things to think of for months, maybe years.

Post Scriptum

Terminando essa postagem pensando que tenho uma memória muito ruim, porque sempre preciso checar alguma postagem antiga para relembrar a estrutura da postagem e a denominação dos subtítulos. A propósito, ontem eu dei um passo importante para realizar um dos meus maiores sonhos e espero que um dia ao reler esse texto eu pense que esse foi um passo chave que viabilizou tudo. Outra coisa, recentemente esse exercício de escrever em inglês se provou muito valioso, vou continuar. Enfim, postando ao som de Re:Re:, interpretado por AmaLee, canção de abertura do anime 僕 だけ が いない 街 ('Erased' no ocidente). Uma música bonita (e triste) especialmente se você conhece o contexto do anime.